Logo Fundação biblioteca digital do alentejo uma janela aberta para a cultura alentejana bda

AFFREIXO, José Maria da Graça

(n. Ovar a 24 Agosto 1842)

 

Tirou o curso superior de letras e foi delegado na conferência escolar reunida no Ministério do Reino em 1869. Neste ano, exonerou se do serviço público para organizar no Alentejo a escola familiar serpense que por oito anos atraiu a atenção pública naquela província, e culminou com a retirada do instituidor.

 

Em 1881 foi sub inspector de instrução primária em Aveiro e repetiu os estudos preparatórios no Porto em 1882, obtendo com distinção um dos prémios instituídos por Eduardo de Lemos. Tornou a deixar o serviço público para se matricular nesse mesmo ano na Faculdade de Direito da Universidade do Porto, cujo segundo ano frequentou ao mesmo tempo que o seu filho cursava as Faculdades de Matemática e Filosofia, cadeiras preparatórias para ingressar no curso naval. Foi também o secretário e órgão das conferências pedagógicas celebradas no liceu de Lisboa e gerente da Gazeta pedagogica (Lisboa, entre 1860-1870).

 

Como obra escrita, destacam-se os seguintes volumes: Elementos de pedagogia para servirem de guia aos candidatos ao magisterio primario (Lisboa, 1870); Apontamentos para a historia da pedagogia (Lisboa, 1883); Memoria historico economica do concelho de Serpa (Coimbra, 1884); Compendio de historia de Portugal (Coimbra, 1882); Resumo do compendio da historia de Portugal, com mappas chorographico historicos (Lisboa, 1884); Compendio de arithmetica e systema métrico (3.ª Ed. Aveiro, 1881).

 

 

 

 

 

 

In Dicionário Bibliográfico Português. Estudos de Innocencio Francisco da Silva applicaveis a Portugal e ao Brasil. Continuados e ampliados por P. V. Brito Aranha. Revistos por Gomes de Brito e Álvaro Neves [CD-ROM]. Lisboa, Imprensa Nacional, 1858-1923. Vol. XIII, pp. 95-96.

 

Publicado:

2007-11-13 13:52:07

   
Um Projecto Fundação Alentejo-Terra Mãe Projecto Financiado Pela União Europeia Pos Conhecimento